Equipe Relatossobrenaturais

 

Olá pessoal aí está a página 10 do diário de John Winchester.

4 de dezembro de 1983

Esta noite eu estava sentado com Sam e Dean no quarto deles, no escuro, quando
escutei umas vozes… Mike disse que era o vento, e está certo, mais do que certo, mas soa mais como sussurros, como se alguém sussurrasse um nome, muito baixinho, só com um fôlego, uma vez, mais outra… como se algo saísse da escuridão, e estivesse nos vigiando… Fiquei acordado a noite toda, cuidando dos meninos, protegê-los, estou ficando maluco?

Não os deixo sair das minhas vistas desde o incêndio. Dean ainda não fala muito, tento fazer com que fale alguma coisa, ou ao menos que jogue um pouco de beisebol comigo. Qualquer coisa para faze-lo sentir-se um menino novamente. Ele nunca se separa de mim, está sempre ao meu lado, ou ao lado do seu irmão. Todas as manhãs quando acordo, Dean está dentro do berço, com seus braços em
volta de Sam, como se tivesse que protege-lo do que está lá fora.

Sammy por outro lado, chora muito pedindo por sua mãe. Eu não sei como faze-lo
parar, e parte de mim não quer que se pare, me corta o coração pensar que ele não vai me lembrar de como era, e eu não posso deixar que sua memória se apague na escuridão da noite.

Anúncios