Guilherme

 

Olá pessoal este relato foi enviado pela Marcela ao nosso e-mail e aí está seu relato Marcela!

O que eu vou lhes contar agora não aconteceu diretamente comigo, mais sim com minha irmã.
Moro em São Luís – Maranhão, em uma casa alugada, que fica em cima de um ponto comercial, localizada em uma conjunto da cidade.
Como minha mãe resolveu ir embora para outro estado, eu e minha irmã alugamos um apartamento, pois, não queríamos ir com ela.
Só que nessa casa onde morávamos, quase todos os dias ouvíamos um barulho vindo do terreno ao lado, onde tinha uma casa que começou, mas não terminou de ser construída, e quando o barulho não vinha do lado, vinha de dentro da casa mesmo, como por exemplo, passos de pessoas subindo a escada que era de ferro.

Só que o mais incrível aconteceu no dia em que nos mudamos…
Minha irmã colocou e celular dela para carregar, e nós estávamos muito atarefados com a mudança.
Por isso ela deixou e celular na casa enquanto nos já estávamos no apartamento.
Meu cunhado que havia nos ajudado na mudança, foi tomar um banho enquanto estavamos tentando preparar o almoço.
Quando ele saiu do banheiro estava com o celular na mão e perguntou para a minha irmã por que ela estava ligando para ele.
Ela olhou pra ele muito espantada e disse que o celular dela não estava com ela, e que o aparelho tinha ficado na casa carregando a bateria.

Então ele mostrou o celular e realmente estava o numero dela na tela.
Minha irmã pegou o celular da mão dele e atendeu, mas quando ela disse “Alô?”, ninguém respondeu, a ligação ficou muda.
Imediatamente saímos, entramos no carro e nos dirigimos até a bendita casa, achando que alguém poderia ter entrado e roubado o tal celular.
Quando chegamos lá eu fui logo entrando e subindo as escadas, pois não sou tão medrosa quanto ela.
Não pensei duas vezes e fui direto no quarto onde o celular estava, quando cheguei, entrei e vi o celular no mesmo lugar onde ela havia deixado.
Tirei da tomada, desci as escadas e entreguei o aparelho para ela que foi logo checar as chamadas efetuadas e para nossa surpresa, acreditem ou não, a listagem de ligações estava VAZIA.
Não havia sido feita chamada alguma.

Mas me digam, como é possível que o celular do meu cunhado tenha tocado, era uma ligação do celular da minha irmã, que não estava com ele, e o aparelho estava em uma casa vazia, onde sempre se ouviu coisas estranhas, barulhos intrigantes e sensações esquisitas?
Sinceramente não sei em que acreditar.
Mais sei que o que aconteceu nesse dia não foi engano ou alguma mentira, mas sim algo real!

Espero que um dia todas as nossas dúvidas em relação ao desconhecido possam ser esclarecidas.
Mas por enquanto vamos continuar presenciando tais fatos.
Sei que muitos não irão acreditar nessa história, mas eu sei que tudo que foi escrito aqui é a pura verdade.

Enviado por: Marcela