Vinícius

 

E ai galera, esse post fala sobre uma garota cujo conhecidencis muito estanhas ocorream na sua juventude. Espero que gostem. Ela não quis se indentificar.

 

Isso aconteceu em 2007. Eu tinha 16 anos.

Vocês conhecem o ex-vocalista/guitarrista da banda de grunge Nirvana, o Kurt Cobain?

Não lembro ao certo quando conheci Nirvana, o que eu sei é que não gostei. Acho que fui mais pela cabeça dos outros, que falavam mal de Nirvana, e principalmente do Kurt, como: “Ha! Aquele drogado imbecil que não conseguia tocar mais que três acordes na guitarra! Fez muito bem em se matar!!” Escutava o que diziam e achava engraçado. Mas a verdade é que nunca me dei a oportunidade de realmente conhecer Nirvana!

Agora conheço! Bastante! E não tenho vergonha de adimitir que gosto!

O que me fez querer conhecer a história de Kurt e escutar as músicas do Nirvana, foi um sonho muito incomum que tive.

Sonhei com o Kurt Cobain! Sonhei que ele veio em espírito me pedir ajuda para provar que ele não tinha cometido suicídio, e sim que o tinham matado. Lembro de ter ido à uma casa grande e bonita. Era toda de madeira. Era a casa que ele tinha vivido e morrido. Ele me mandou pra lá para procurar um objeto que provava seu assassinato. Era uma caixinha que ele guardava coisas sentimentais, como seu diário. Ele escondia a caixinha em um taco solto do chão de seu antigo quarto. Mas quando finalmente achei a caixinha, umas pessoas me viram e correram atrás de mim para tentar me impedir de fugir com a prova… Quando estava fugindo acordei!

Acordei com a imagem de Kurt na cabeça, com o sonho e tudo mais. Por que eu teria sonhado com aquilo se eu nem gostava dele?! E se não fosse apenas um sonho, e sim uma mensagem?

Bom, como tudo isso não saia da minha cabeça, fiz um “joguinho” comigo mesma para tentar esquecer tudo isso.

Disse comigo mesma: “Se esse sonho que tive significar algo de importante, então quando eu ligar a TV vai estar tocando alguma música do Nirvana!”

Pois bem, liguei a TV e coloquei no canal que sempre colocava mesmo, Fox. Estava passando um filme: Moulin Rouge. “Tudo bem” – pensei comigo, “É apenas um filme! Não vai tocar Nirvana NESSE filme!” – 1 minuto depois, adivinhem?

Um coro canta:

“Here we are now entertain us
I feel stupid and contagious
Here we are now entertain us”

No começo não me toquei, pois estava diferente, depois que vi que podia ser e fiquei que nem uma tonta perguntando pra TV: “Essa música é do Nirvana??? É do Nirvana????”… Poutzzz! Fiquei boquiaberta! Não conseguia acreditar em tamanha coincidência!!!! Ta certo que não era a música original, apenas esse trecho e o ritmo, mas era do Nirvana!!

Teria sido um sinal? Então meu sonho significava algo?? Meu Deus! O que eu faço agora???

Fui direto pro Pc pesquisar sobre Kurt Cobain na net! Li tudo que pude achar sobre ele. Percebi que tínhamos muitas coisas em comum! Tipo: nossos pais se separaram quando tínhamos 8 anos de idade. Sentíamo-nos realmente felizes na infância, agora não mais. DEPRESSÃO. Problemas estomacais. Gostamos de gatos (minha paixão) e de tartarugas! Éramos excluídos e zoados na escola. Não ter muitos amigos. Odiar esportes. Odiar o machismo: “Sentia que elas não eram tratadas com igualdade e respeito. Detestava a forma como, em Aberdeen, se tratava as mulheres; eram completamente oprimidas…” Ter crescido em uma cidade muito pequena. A cidade que eu sempre tive vontade de conhecer é Seattle, que é a que ele morava. A ligação com a música. A visão sobre o mundo, sobre empatia e tal…

Depois disso comecei a escutar as músicas do Nirvana, e gostar! Escutava escondida, pros meus irmãos não me zoarem. Mas agora ja sabem!

Depois disso tive mais alguns sonhos com o Kurt. Até parece que eu o conheço, ou cheguei a conhecer, em outra vida talvez…

Descanse em paz Kurt!

 

Espero que tanham gostado, pora favaor nos ajudem a divulgar o blog  não esqueçam de mandar seus reletos para nosso e-mail até dia 31/07/2011.

Obrigado!

Anúncios