Guilherme

Galera esta foi uma história que mandaram para o e-mail relatos.sobrenaturais@hotmail.com e se identificaram como Caçador de Almas, não disse mais nada além disso e da lenda que está na sequência.

Tudo começou após eu me mudar para uma cidade do interior de São Paulo, para ser mais exato Bonfim Paulista, eu tinha me mudado a mais ou menos uns 20 dias a casa parecia ser ótima, não tinha defeitos na parte elétrica, nem na hidráulica, resumindo era perfeita.

Mas começou a dar defeitos no energia as luzes piscavam a noite toda, e a Tv ligava sozinha, assim como o rádio e outros aparelhos, morávamos eu minha esposa e nosso filho de 3 anos na época, eu me preocupava muito com a casa, tinha medo que acontecesse algo com minha família e os problemas só aumentavam, depois de mais uns dias as torneiras também começaram a ligar sozinhas.

Eu já estava me desesperando, pensai que tinha comprado a pior casa da região, mais eu estava errado a casa era perfeita, o problema era eu, uma moça de 35 anos bateu na porta em um certo sábado de manhã e me pediu uma coisa, para minha família toda sair da casa pois tinha algo que nós desconhecíamos e ela cuidaria de tudo. Tudo bem nós saímos e começamos a rezar pois segundo ela tinha um demônio ou espírito preso a casa ou atrás de minha família.

De tarde voltamos para casa e a moça disse que independente do que estava lá saiu junto a minha família, ela desconfiou do meu filho e pediu coisas macabras para fazer com ele para despossuí-lo mais eu e minha esposa negamos, não deixamos levar nosso filho.

As coisas continuaram igual até que eu decidir procurar um especialista, pois minha mulher tinha começado a ouvir uma voz dizendo coisas, curiosidades sobre mim. Foi nesse dia em que eu procurei o especialista que veio a surpresa, na hora que eu entrei na sala de consultas ele disse”Você está sujo por dentro algo muito escuro está dentro de você, se afaste de todos pois há um poltergeist, preso a ti”, eu não acreditei. E na hora que cheguei em casa lá estava minha mulher morta, e meu filho dormindo.

Dai em diante pensei bem no que ele tinha me dito sobre me afastar de todos e pensei em deixar meu filho com minha sogra e dizer que iria viajar a trabalho, pois é tarde demais na hora que eu fui pegar meu filho que estava dormindo vi, eu vi o tão esperado poltergeist ele tinha uma forma de águia, uma mulher com aparência de águia, e ela estava encostada no meu filho na hora que eu cheguei perto dele percebi, que ele estava em sono eterno.

Depois deste dia me isolei e não falo com ninguém à anos  o máximo que eu faço é ir ao mercado de vez em quando, por isso eu aviso quem souber quem eu sou se afaste enquanto há tempo, porque depois não adianta se lamentar.

Ae galera espero que tenham gostado e aguardem por novos posts entrem na comu do Orkut!!

Anúncios