Galera, essa história conteceu com um amigo meu, ele me contou uns dias atrás e eu resolvi postar aqui hoje.

No mês de Janeiro enquanto todos estavam de férias, ele a mais uns amigos foram para uma cidade cujo eu não me lembro o nome, e ficaram hospedados em um hotél ântigo.Era um lugar muito silencioso, mas esse selêcio era quebrado pelo ranger das portas de dois elevadores de madeira muito misteriosos.Segundo ele, ninguém do grupo tinha Claustrofobia(Medo de lugares fechados), mas todos sentiram fala de ar ao entrar em um dos elevadores.

Quando faltou bebida, ele e mais dois amigos ficaram encarregados de buscar cerveja as três horas da manhã(Aquele velha bagunça de turma).

Os dois amigos dele estão de testemunhas de que, na volta, ele indicou o elevador para a 7º andar.Quando ele começou a se queixar da demora do elevador, percebeu que ja estavam no 10º andar e que o elevador continuava subindo.O elevador só parou no 16º andar, onde não havia ninguém hospedado, mas a portas do elevador não se abriram, fazendo com que eles ficassem mais apavorados.Perceberam que o elevador ao lado também parou no mesmo andar,e as portas só se abriram nessa hora, mas não havia ninguem dentro do outro elevador.Deceram correndo pelas escadas até o 7ºandar, muito apavorados, não conseguiram dormir, e as outras duas noites que ficaram lá ouviram os elevadores funcionando.

Contaram o relato para o balconista do bar onde tomavam café.Ele olhou para eles sério e disse que já havia ouvido aquela história mais vezes.Disse também que à 15 anos atrás, existia um funcionario que zelava muito do hotel, e fazia questão de deixar tudo limpo, até os elevadores.Porém um dia, enquanto fazia a manutenção dos elevadores, caiu do 16º andar e morreu.

Dizem que até hoje a alma dela fica vagando pelo 16º andar, pois como morreu ali não pode andar pelo resto do prédio, e que ele fica sempre verificando para ver se tudo esta limpo.

Depois disso, esse meu amigo jurou nunca mais andar de elevador e sempre dar preferencia as escadas.

Anúncios